Notícias

Apae Curitiba celebra posse da nova diretoria

O evento contou com uma cerimônia solene e um coquetel de confraternização.
bio-eduarda-zeglin
Eduarda Zeglin
Jornalista, Assistente de Comunicação, Marketing e Eventos
Publicado em

Ontem (10), aconteceu a posse dos novos membros da diretoria da Apae Curitiba. O evento foi realizado na sede administrativa do Batel e contou com a presença dos membros eleitos e os associados da instituição, como o Conselho de Administração, Conselho Fiscal e Diretoria Executiva, além de colaboradores e diretores das escolas CEDAE, CITA, Vivenda, Agrícola e Casas Lar. 

Após uma breve reunião, os membros participaram da solenidade de posse. Paulo Fortunato, gerente de comunicação da instituição, deu início com algumas palavras e ressaltou que, em Curitiba, a Apae não é apenas um nome, mas um símbolo de união e potencial humano. Cada profissional, voluntário e beneficiário são capazes, independentemente dos desafios que possam surgir.

Os membros dos três conselhos se comprometeram a exercer os respectivos cargos de acordo com o Estatuto Social da Apae Curitiba, com dedicação e lealdade em prol das pessoas com deficiência intelectual e múltipla. 

O presidente Paulo Roberto Michelon também fez o seu pronunciamento. ‘’Eu venho reafirmar aqui o propósito que a gente vem falando de criar um novo tempo na Apae, de colocar todo o nosso esforço, nossa capacidade e toda a fé que a gente tem nesse trabalho. Temos muita gente boa disposta a caminhar com a gente e esperamos que se transformem em bons frutos’’, disse. 

Mariana Gulin, integrante do Conselho Administrativo, compartilhou sua jornada na Apae, ela conta que irá seguir o legado de sua mãe, Estela Gulin, que agora atua como voluntária no brechó em Santa Felicidade. ‘’Eu já sou voluntária da Apae há mais de vinte anos. Estou seguindo o legado da minha mãe e eu acredito que esse momento com essa eleição, com essa constituição, o norte que a gente já tinha está se aproximando mais rápido. A construção do plano e a consolidação de tudo que já foi e vem sendo planejado há alguns anos está chegando cada vez mais perto. Então eu acredito que de agora em diante será melhor ainda’’, relata a conselheira. 

Essa nova fase que se inicia na Apae representa a continuidade essencial do compromisso com o bem-estar e o progresso das pessoas com deficiência intelectual e múltipla. Com a posse dos novos membros da diretoria, a organização reafirma sua missão de proporcionar apoio, educação e oportunidades que promovam a inclusão e a qualidade de vida dessas pessoas. 

A Apae Curitiba

A Apae Curitiba conta com três centros terapêuticos que oferecem atendimentos à saúde gratuitos às pessoas com deficiência intelectual ou múltipla. A instituição é mantenedora de cinco escolas especializadas localizadas em Santa Felicidade, Batel e Seminário, em Curitiba. Confira nossas escolas:

➔ Escola de Educação de Estimulação e Desenvolvimento – CEDAE: Faixa Etária: 0 a 5 anos e 11 meses. 

➔ Escola Luan Muller: Faixa Etária: de 06 a 15 anos e 11 meses. 

➔ Escola Terapêutica Vivenda: Faixa Etária: a partir de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Integração e Treinamento do Adulto – CITA: Faixa Etária: acima de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Agrícola Henriette Morineau: Adultos e adolescentes a partir de 17 anos.

Notícias Relacionadas

Benefícios gerais da atividade física no TEA

Descubra os benefícios da prática de atividades físicas para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), aprenda a superar desafios específicos e conheça as atividades mais recomendadas para essas crianças.

Sem mais notícias por enquanto!
Pular para o conteúdo