Notícias

Apae Curitiba realizou quase 35 mil atendimentos terapêuticos em 2022

Foram 494 pessoas com deficiência intelectual impactadas pelos atendimentos da instituição
Paulo Fortunato
Jornalista, Coordenador de Comunicação, Markentig e Eventos
Publicado em
Apae realizou quase 35 mil atendimentos terapêuticos em 2022

Em 2022, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Curitiba realizou quase 35 mil atendimentos terapêuticos gratuitos. A instituição que conta com 494 atendidos, fez 700 consultas por dia, contando com o período integral. Os quais aconteceram nos 3 centros terapêuticos especializados, localizados nos bairros Batel, Seminário e Santa Felicidade.

Atualmente a instituição oferece 9 modalidades de serviços na área da saúde: enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, hidroterapia, musicoterapia, neurologia, nutrição, psicologia e terapia ocupacional. Além do terapêutico, a instituição oferece também atendimentos na área da educação e assistência social, e todos eles são totalmente gratuitos.

A associação possui convênio com o SUS, contudo recebe cerca de R$17 por atendimento do órgão governamental, valor esse, que se encontra defasado e sem reajuste há mais de 12 anos. A instituição tem o custo anual com os atendimentos terapêuticos de R$1.700.000,00, contudo só recebe do SUS R$600.000. O restante da receita é totalmente custeado pela Apae.

Além da defasagem do SUS, a pandemia da COVID 19, trouxe consequências financeiras para a Apae, afinal, o número de doações diminuiu consideravelmente. 

O presidente da instituição, Paulo Michelon, comenta a importância do envolvimento da comunidade nas ações da associação. “Sem o envolvimento da sociedade, não conseguiremos voltar à normalidade financeira. É essencial que pais e amigos escolham uma das diversas formas de contribuir com a instituição, somente assim, conseguiremos”, contou o presidente.

Para que os estudantes continuem recebendo atendimento gratuito e de qualidade, a instituição precisa da ajuda da comunidade. Existem diversas formas de contribuição, entre elas: doação via PIX, apadrinhamento de estudantes, doação por cartão de crédito/débito, por boleto bancário, Imposto de Renda, via conta de luz, para o bazar da Apae (roupas, móveis usados, eletrônicos) e voluntariado.

Outra forma de contribuição é o compartilhamento dos materiais publicados pela instituição, tanto nas redes sociais (Facebook e Instagram), quanto nas matérias publicadas em nosso site. Ao realizar esse ato, a comunidade está fazendo com que a causa, defendida pela Apae, ganhe visibilidade. Então, ao ver uma publicação da instituição nas mídias: curta, comente e compartilhe com os seus contatos.

A Apae Curitiba

A Apae Curitiba conta com três centros terapêuticos que oferecem atendimentos à saúde gratuitos às pessoas com deficiência intelectual ou múltipla. A instituição é mantenedora de cinco escolas especializadas localizadas em Santa Felicidade, Batel e Seminário, em Curitiba. Confira nossas escolas:

➔ Escola de Educação de Estimulação e Desenvolvimento – CEDAE: Faixa Etária: 0 a 5 anos e 11 meses. 

➔ Escola Luan Muller: Faixa Etária: de 06 a 15 anos e 11 meses. 

➔ Escola Terapêutica Vivenda: Faixa Etária: a partir de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Integração e Treinamento do Adulto – CITA: Faixa Etária: acima de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Agrícola Henriette Morineau: Adultos e adolescentes a partir de 17 anos.

Notícias Relacionadas

Sem mais notícias por enquanto!
Skip to content