Notícias

Explorando os diferentes tipos de TDAH: conhecendo as variações e suas características

Descubra os três tipos de TDAH: o desatento, o hiperativo/impulsivo e o tipo combinado.
bio-lorena
Lorena Motter Kikuti
Estagiária de Jornalismo
Publicado em

O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é comumente identificado em indivíduos que enfrentam dificuldades relacionadas à atenção, concentração ou impulsividade. 

No entanto, cada pessoa é única e pode manifestar diferentes tipos de TDAH: predominantemente desatento, predominantemente hiperativo (seja fisicamente ou mentalmente), ou uma combinação de ambos os aspectos. O diagnóstico é determinado de acordo com critérios clínicos específicos.

Tipos de TDAH

De acordo com a classificação imposta pelo CDC ou Centros de Controle e Prevenção de Doenças, encontram-se três tipos de TDAH: o desatento, o hiperativo/impulsivo e o tipo combinado.

O Instituto Singular, que é uma referência em educação e saúde para autismo e atrasos no desenvolvimento, traz detalhes e explica sobre cada tipo de TDAH. Veja: 

O Desatento

O primeiro tipo é o desatento. Ele é caracterizado pela presença de uma mente sempre à procura de estímulos variados, saltando de pensamento em pensamento e incapaz de manter a concentração por períodos prolongados. 

Indivíduos com TDAH desse tipo geralmente enfrentam dificuldade em focar em tarefas específicas, perdendo detalhes cruciais e transmitindo uma sensação de desorganização.

O Hiperativo / impulsivo

O segundo tipo é o hiperativo. Este perfil se caracteriza por um excesso de energia que é difícil de controlar.

Indivíduos com TDAH do tipo hiperativo podem exibir impulsividade e inquietação tanto fisicamente quanto mentalmente. Em outras palavras, são pessoas que podem encontrar dificuldade em permanecer paradas, seja na sala de aula ou em outras situações que demandam tranquilidade.

Tipo combinado

Por último, existe o tipo combinado, o qual é uma junção dos dois tipos anteriores. Isto é, a pessoa enquadrada nesta categoria pode enfrentar desafios de concentração e impulsividade simultaneamente. É um indivíduo cuja mente está sempre em fluxo, o que torna a concentração ainda mais difícil.

O que fazer caso eu ou o meu filho tenha algum desses sintomas?

Caso você ou alguém que você conheça apresente alguns dos comportamentos mostrados, busque orientação profissional.

Obter um diagnóstico preciso e um plano de tratamento personalizado é essencial para lidar com os desafios relacionados ao TDAH. Este pode ser o primeiro passo para uma melhora significativa no bem-estar e desenvolvimento do indivíduo. 

A Apae Curitiba é uma instituição que se dedica há mais de 60 anos no cuidado de pessoas com deficiência intelectual e/ou múltipla, síndromes e transtornos. Entre os distúrbios que a entidade oferece atendimento individualizado de saúde e educação está o TDAH, com o objetivo de proporcionar conforto e promover o máximo de desenvolvimento possível de nossos alunos.

Para saber tudo sobre Deficiência Intelectual, Síndromes e Transtornos, siga a Apae Curitiba no Facebook e Instagram.

A Apae Curitiba

A Apae Curitiba conta com três centros terapêuticos que oferecem atendimentos à saúde gratuitos às pessoas com deficiência intelectual ou múltipla. A instituição é mantenedora de cinco escolas especializadas localizadas em Santa Felicidade, Batel e Seminário, em Curitiba. Confira nossas escolas:

➔ Escola de Educação de Estimulação e Desenvolvimento – CEDAE: Faixa Etária: 0 a 5 anos e 11 meses. 

➔ Escola Luan Muller: Faixa Etária: de 06 a 15 anos e 11 meses. 

➔ Escola Terapêutica Vivenda: Faixa Etária: a partir de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Integração e Treinamento do Adulto – CITA: Faixa Etária: acima de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Agrícola Henriette Morineau: Adultos e adolescentes a partir de 17 anos.

Notícias Relacionadas

Benefícios gerais da atividade física no TEA

Descubra os benefícios da prática de atividades físicas para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), aprenda a superar desafios específicos e conheça as atividades mais recomendadas para essas crianças.

Sem mais notícias por enquanto!
Pular para o conteúdo