Notícias

Cartilha sobre o combate ao capacitismo é divulgada pela Fenapaes

A cartilha possui 45 páginas com muita informação, dicas inclusivas e experiências de famílias relacionadas à discriminação por deficiência.
bio-eduarda-zeglin
Eduarda Zeglin
Jornalista, Assistente de Comunicação, Marketing e Eventos
Publicado em

A Federação Nacional das Apaes (Fenapaes) lançou a cartilha “As muitas faces do capacitismo” durante a abertura da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla de 2023. A obra, organizada pelas professoras Anahi Guedes de Mello e Olivia von der Weid, tem como objetivo destacar a prejudicial presença de práticas capacitistas na sociedade e promover uma conscientização inclusiva.

O capacitismo envolve o preconceito e estigmatização das pessoas com deficiência com base em suas capacidades intelectuais e físicas, resultando em exclusão e segregação. Essas atitudes preconceituosas são comuns em ambientes como escolas, locais de trabalho e até mesmo em lares, muitas vezes de forma inconsciente.

Em uma matéria divulgada pela Apae Brasil, o vice-presidente da Fenapaes, Nilson Ferreira, enfatizou a importância da cartilha no avanço dos direitos das pessoas com deficiência, esperando que ela mude a percepção da sociedade em relação à capacidade das pessoas com deficiência.

“Certamente fará uma grande diferença. Infelizmente, algumas pessoas ainda têm essa concepção de achar que a pessoa com deficiência não tem a capacidade de fazer as coisas que eles querem, que eles precisam fazer. Então, eu acho muito bacana o propósito da cartilha e prezo para que esse documento seja de cabeceira da população brasileira, para que realmente a gente comece a enxergar as pessoas com deficiência com outro olhar, um olhar de protagonismo, um olhar de que essas pessoas têm, sim, competências, inclusive muitas vezes além de pessoas tidas como normais”, ressaltou.

O lançamento da cartilha é um passo significativo na luta contra o preconceito e a discriminação das pessoas com deficiência. O documento tem o poder de fornecer orientações valiosas para combater os comportamentos inaceitáveis enraizados na sociedade. Ao desvendar as várias formas de capacitismo e destacar suas consequências prejudiciais, a cartilha serve como um guia essencial para sensibilizar as pessoas sobre a importância de uma sociedade mais inclusiva. Ela oferece informações sobre como identificar e confrontar atitudes preconceituosas, tornando-se uma ferramenta educacional e de conscientização vital para combater o capacitismo em escolas, locais de trabalho e na vida cotidiana.

Além disso, a cartilha ajuda a criar um ambiente de apoio e compreensão, encorajando todos a refletir sobre seu próprio comportamento e a considerar o impacto que suas ações têm sobre as pessoas com deficiência. Ao destacar as consequências negativas do capacitismo, o documento demonstra que a exclusão e segregação das pessoas com deficiência são prejudiciais não apenas para aqueles que as vivenciam, mas para toda a sociedade. Ao disseminar o conhecimento e promover a empatia, a cartilha visa inspirar uma mudança de mentalidade e ação, levando a um futuro mais inclusivo e igualitário para todos.

Ajude a Apae Curitiba através da sua conta de luz

Você sabia que uma das formas de doar para Apae Curitiba é através da sua conta de luz? Basta entrar em contato com a Copel pelo telefone 0800 722 2723 e informar que quer fazer uma doação para a instituição do valor desejado. O valor que você escolheu será direcionado a instituição que será cobrado na sua próxima fatura. Não esqueça de estar com documentos em mãos para que eles possam confirmar sua identidade. Não deixe de doar! Existem maneiras simples e fáceis para você colocar sua generosidade em prática. Entre em contato agora mesmo com a Copel solicitando sua doação. Contamos com você. Saiba mais clicando AQUI

Hoje a instituição atende quase 494 estudantes em cinco escolas, oferecendo saúde e assistência social. São realizados, em média, 40 mil atendimentos terapêuticos por ano e 3,4 mil por mês. Por ser uma instituição sem fins lucrativos precisa de apoio da sociedade. O ambiente precisa de reformas e para isso, que tal doar para a Apae Curitiba e apoiar a causa da pessoa com deficiência intelectual ou múltipla? É muito fácil, clique AQUI e saiba mais. 

Notícias Relacionadas

Benefícios gerais da atividade física no TEA

Descubra os benefícios da prática de atividades físicas para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), aprenda a superar desafios específicos e conheça as atividades mais recomendadas para essas crianças.

Sem mais notícias por enquanto!
Pular para o conteúdo