Notícias

Apae Curitiba implementa novo sistema para atender as necessidades do Setor Terapêutico e Administrativo

O sistema permite à instituição um serviço mais eficaz, claro e unificado de todos os procedimentos.
bio-eduarda-zeglin
Eduarda Zeglin
Jornalista, Assistente de Comunicação, Marketing e Eventos
Publicado em

No mês de agosto, a Apae Curitiba deu início à implementação de um novo sistema chamado Omie, um programa de gestão empresarial (ERP) que oferece soluções integradas para gerenciamento financeiro, compras, estoque de materiais, entre outros. Este sistema está sendo adotado com o objetivo de aprimorar as condições do sistema de saúde e a administração da instituição.

Além disso, o Omie também se integra ao sistema 4medic, utilizado para a gestão de clínicas e consultórios. Esse sistema otimiza a rotina dos profissionais de saúde, proporcionando ferramentas intuitivas que englobam a agenda, as finanças, os prontuários, a sala de espera e módulos específicos. Com essa integração, todos os profissionais que atuam na área terapêutica da instituição terão acesso às informações referentes aos diagnósticos e tratamentos realizados com os alunos.

Laura Cutrim, coordenadora do Setor Terapêutico da Apae Curitiba, conta que essas soluções possibilitam à instituição uma gestão mais eficiente, transparente e integrada de todos os seus processos, ao mesmo tempo, em que proporcionarão mais conforto e conveniência aos seus usuários. O objetivo é manter um serviço mais prático e disponibilizar informações de forma segura e acessível.

Em relação ao funcionamento do sistema, ele permite a integração das informações quando os usuários são transferidos entre as unidades da instituição. Por exemplo, quando um aluno é transferido da escola de Estimulação e Desenvolvimento (CEDAE) para o Luan Muller, as informações sobre o tratamento recebido permanecem disponíveis para a nova equipe que irá atendê-lo, facilitando a continuidade do tratamento eficaz.

A instalação desses sistemas visa abordar questões relacionadas ao uso inteligente de recursos, como a redução do uso de materiais impressos e preenchimento manual de documentos com impacto financeiro na instituição e no meio ambiente.

A Apae Curitiba

A Apae Curitiba conta com três centros terapêuticos que oferecem atendimentos à saúde gratuitos às pessoas com deficiência intelectual ou múltipla. A instituição é mantenedora de cinco escolas especializadas localizadas em Santa Felicidade, Batel e Seminário, em Curitiba. Confira nossas escolas:

➔ Escola de Educação de Estimulação e Desenvolvimento – CEDAE: Faixa Etária: 0 a 5 anos e 11 meses. 

➔ Escola Luan Muller: Faixa Etária: de 06 a 15 anos e 11 meses. 

➔ Escola Terapêutica Vivenda: Faixa Etária: a partir de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Integração e Treinamento do Adulto – CITA: Faixa Etária: acima de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Agrícola Henriette Morineau: Adultos e adolescentes a partir de 17 anos.

Notícias Relacionadas

Benefícios gerais da atividade física no TEA

Descubra os benefícios da prática de atividades físicas para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), aprenda a superar desafios específicos e conheça as atividades mais recomendadas para essas crianças.

Sem mais notícias por enquanto!
Pular para o conteúdo