Notícias

Apae Curitiba celebra 60 anos: Confira o relato de uma das moradoras mais antigas da instituição

A instituição foi fundada em 1962 e comemora 60 anos nesta quinta-feira (06).
Apae Curitiba celebra 60 anos: Confira o relato de uma das moradoras mais antigas da instituição
Rhúbia Ribeiro
Assistente de Marketing
Publicado em
Vera

Em 6 de outubro de 1962 foi implantada em Curitiba uma das mais importantes instituições filantrópicas na causa da pessoa com deficiência intelectual e múltipla do Brasil. Fundada em 1954 no Rio de Janeiro, as Apaes se espalharam pelo território nacional e implementaram uma sede na capital paranaense. 

As seis décadas de existência marcaram longos anos de  promoção, articulação e prestação de serviços a inúmeras pessoas que passaram pelas cinco escolas, três centros terapêuticos e sete Casas Lar localizadas nos bairros Batel, Seminário e Santa Felicidade. 

A saúde, educação e assistência social são para a Apae Curitiba uma das prioridades ao longo dos anos. Atualmente, são quase 500 estudantes que recebem, em média, 50 mil atendimentos por ano.  A Rede Apae  é pioneira, estando presente em mais de 2 mil municípios, dando atenção integral a cerca de 250 mil pessoas. Só no Paraná são 350 unidades, atendendo cerca de 45 mil pessoas.

Dentre estes longos 60 anos, milhares de pessoas passaram pela instituição, como no caso da Vera Lúcia da Silva ou simplesmente “Verinha”, uma das moradoras das Casas Lar mais antigas da Apae, hoje com 56 anos. 

Sorridente e muito comunicativa,  Vera chegou na Apae com apenas 13 anos, após passar pela instituição de acolhimento de meninas, Lar Escola Hermínia Lupion, conhecida como Lar das Meninas. A moradora conta que sempre adorou morar na Apae, localizada em Santa Felicidade, em Curitiba. 

Segundo ela, antigamente na localidade “era tudo terra, tinha cavalo, porco, marreco e só tinham as casas 1, 3 e a 4.” Não existiam escolas, como atualmente. “Era apenas um barracão”. Quando começaram a fazer as escolas, ela já estava aqui. “Fazíamos horta e plantávamos flores. Eu gostava de fazer isso antigamente, porque ainda não tinha sala de aula”.

Vera atualmente gosta das aulas de arte e de fazer parte do grupo da Fanfarra, onde toca ganzá. Ela mora em uma das Casas Lar da Apae que acolhe 35 moradores, órfãos ou abandonados, cuidados por mães sociais. 

As Casas Lar são acompanhadas, também, por uma assistente social, nutricionista, enfermeira e um coordenador geral, responsáveis por ações tais como: escala/presença das mães sociais, passeios, viagens, aquisição de alimentos, remédios, vestuário, consultas médicas e odontológicas, qualidade dos cuidados dentro das casas e também pelo contato e agendamento de possíveis visitas de parentes visando reforçar vínculos familiares para possível retorno ao lar.

Vera

Conheça as escolas da Apae Curitiba

A Escola CEDAE

A Escola CEDAE atende crianças com deficiência intelectual ou múltipla, utilizando essencialmente a estimulação e pré-escolarização com idade cronológica de zero a 5 anos e 11 meses. 

Oferece atendimento às crianças com síndromes, atrasos de desenvolvimento neuropsicomotor e deficiência intelectual. Também atende na área da saúde, fornecendo serviço social, neurologia, psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, terapia ocupacional e musicoterapia. 

O objetivo é promover, através do processo educacional, a formação do cidadão, sua estruturação para a independência, autonomia, autorrealização, através do processo ensino-aprendizagem, respeitando seu desenvolvimento biopsicossocial, suas potencialidades e sua diversidade como membro de uma sociedade inclusiva.

Conheça a escola clicando AQUI.

A Escola Luan Muller

A Escola Luan Muller está localizada na Rua Professor João Argemiro Loyola, 220, no Seminário, em Curitiba. Assim como toda Apae, atende crianças com deficiência intelectual ou múltipla. Seu público alvo envolve crianças e adolescentes de seis a 15 anos e onze meses. 

Busca desenvolver atendimentos pedagógicos com áreas de conhecimento do ensino fundamental como língua portuguesa, matemática, ciências, história, geografia, ensino religioso, educação física, arte, informática, educação ambiental e atividades recreativas pedagógicas, priorizando a alfabetização. 

Também proporciona aos alunos atendimentos na área de fonoaudiologia, psicologia, fisioterapia, terapia ocupacional, serviço social, neurologia, nutrição e pedagogia que apoiam e complementam o atendimento educacional.

Conheça as escolas clicando AQUI.

Estudantes da escola luan muller se abraçam para a foto

A Escola Agrícola Henriette Morineau

A Escola Agrícola Henriette Morineau está localizada na Rua Orlando Peruci, 1472, Butiatuvinha – Santa Felicidade -, em Curitiba. Proporciona aos estudantes, serviço social e atendimentos de neurologia, psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição e terapia ocupacional.

Assim como toda Apae, atende pessoas com deficiência intelectual ou múltipla. Seu público alvo envolve adolescentes e adultos a partir de 16 anos, com deficiência intelectual moderada e leve. Busca desenvolver a educação de jovens e adultos e profissionalização em cursos, a partir do limite da deficiência. 

Conheça a escola clicando AQUI.

A Escola CITA

A  Escola Integração e Treinamento do Adulto (CITA) está localizada na Rua Orlando Peruci, 1472, Butiatuvinha – Santa Felicidade -, em Curitiba. Proporciona aos estudantes, serviço social e atendimentos de neurologia, psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição e terapia ocupacional. 

Assim como toda Apae, atende pessoas com deficiência intelectual ou múltipla. Seu público alvo envolve adolescentes e adultos a partir de 17 anos, com deficiência intelectual moderada. O trabalho é direcionado para as atividades de educação de jovens e adultos, utilizando recursos que possibilitem o desenvolvimento de hábitos, atitudes e habilidades perceptuais e manuais. 

Conheça a escola clicando AQUI.

Professora Renata ao lado esquerdo e aluna ao lado direito estão abaixadas mexendo na plantação

A Escola Terapêutica Vivenda

A Escola Terapêutica Vivenda está localizada na Rua Orlando Peruci, 1472, Butiatuvinha – Santa Felicidade –, em Curitiba. Seu público alvo envolve pessoas com deficiência intelectual severa, múltiplas deficiências e transtornos globais do desenvolvimento a partir dos 16 anos. 

Visa possibilitar e ofertar programas e atividades que favoreçam o desenvolvimento das habilidades cognitivas, sócio afetivas, motoras e comportamentais, permitindo que o educando seja favorecido em suas práticas de vida diária e inserção social, melhorando sua qualidade de vida.

A Proposta Curricular contempla os conhecimentos: aprendizagem de valores, atitudes sociais, educação para a cidadania e vivência funcional conforme a necessidade dos estudantes, permitindo a compreensão e atuação em seu meio de convívio.

Saiba mais sobre as escolas da Apae Curitiba clicando AQUI

alunos vestidos de caipiras

Notícias Relacionadas

Sem mais notícias por enquanto!
Skip to content