Notícias

Conheça experiências culturais inclusivas em Curitiba para seu final de semana

Não deixe de conferir essas vivências para promover a acessibilidade em Curitiba.
Conheça experiências culturais inclusivas em Curitiba para seu final de semana
Redação Apae
Publicado em

Que tal aproveitar o final de semana e prestigiar alguns trabalhos com acessibilidade para pessoas com deficiência (PcD)? Na capital paranaense, alguns lugares como o Museu Oscar Niemeyer, a Gibiteca de Curitiba e o Estádio Major Antônio Couto Pereira são opções.

Museu Oscar Niemeyer

O Museu Oscar Niemeyer possibilita que crianças, jovens e adultos com o Transtorno do Espectro Autista (TEA) admirem as artes através da Sala de Acomodação Sensorial (SAS). A ação promove acessibilidade e inclusão social, além da divulgação da causa. O acesso é exclusivo, com comodidade e segurança.

Gibiteca de Curitiba

Na Gibiteca de Curitiba acontece a exposição “A(u)rtistas” que reúne 27 trabalhos de pessoas autistas em que apresentam suas visões representativas sobre o que é o TEA. Entre os trabalhos produzidos no Solar do Barão (Rua Carlos Cavalcanti, 533), há pinturas, fotografias, ilustrações, objetos, instalações, música e poesia. A exposição da Gibiteca é promovida de terça-feira a sábado, das 9h às 18h, e nos domingos, das 12h às 18h.

Estádio Major Antônio Couto Pereira

Outra dica é conhecer o Estádio Major Antônio Couto Pereira, do Coritiba, que possibilita que crianças, jovens e adultos acometidos pelo Autismo assistam aos jogos através da SAS. O espaço foi criado especificamente para pessoas neuro divergentes que necessitam de um local exclusivo e com redução de estímulos sensoriais. 

Anota na sua agenda todas essas novas experiências acessíveis, para que você APAExone-se por uma cultura mais inclusiva nesse final de semana!

Seja um Dindo ou uma Dinda e ajude a Apae

O projeto trata-se de uma ação de apadrinhamento onde a cada mês poderá ser doado uma determinada quantia para a instituição. O valor vai ajudar a Apae manter seu funcionamento e utilizá-lo nas reformas nas escolas. Podem participar da campanha qualquer pessoa interessada que entrar em contato através do e-mail captacao@apaecuritiba.org.br. Seja um dindo ou uma dinda clicando AQUI. 

Hoje a instituição atende quase 500 estudantes em cinco escolas, oferecendo saúde e assistência social. São realizados, em média, 50 mil atendimentos terapêuticos por ano e 3,5 mil por dia. Por ser uma instituição sem fins lucrativos precisa de apoio da sociedade. O ambiente precisa de reformas e para isso, que tal doar para a Apae Curitiba e apoiar a causa da pessoa com deficiência intelectual ou múltipla? É muito fácil, clique AQUI e saiba mais.

   Texto: Arthur Borsato 

   Créditos: fotografandocuritiba

Notícias Relacionadas

Sem mais notícias por enquanto!
Skip to content