Notícias

Alunos da Escola CEDAE realizam apresentação de final de ano no teatro EBANX Regina Vogue

A apresentação ocorreu às 10h da manhã com a presença de pais, alunos da escola Luan Muller e da autora Talita Stec.
Eduarda Zeglin
Estagiária de Jornalismo
Publicado em
Alunos da Escola CEDAE realizam apresentação de final de ano no teatro Ebanx Regina Vogue
Na manhã desta quinta-feira (01), os alunos da Escola de Estimulação e Desenvolvimento (CEDAE) da Apae Curitiba realizaram uma apresentação de teatro no espaço Ebanx Regina Vogue. A obra apresentada intitulada ”Godô vai ser Artista” de Talita Stec foi a escolhida.
 
Matgareth Terra diretora do CEDAE conta que as apresentações acontecem há 20 anos, o intuito era trazer a escola para dentro do teatro e ao perceber que as crianças gostavam de participar desses momentos, viram o potencial para realizá-los todos os anos. ”Nós nos surpreendemos porque as crianças brilham, cada uma na sua singularidade, na sua individualidade, mas com um brilho encantador.” diz Terra.
 
A escolha da peça se deu pelo projeto ”Coletivo Inclusão,” realizado na escola, o qual teve a participação de Talita Stec. A autora da obra presenteou os profissionais com o livro, os quais se identificaram com a história protagonizada por Godô, um menino diferente e divertido, que nos ensina a valorizar aquilo que é único, buscando a aceitação e a persistência. 
 
”A gente adaptou para a ludicidade, no livro ele é um pezinho, mas para nossas crianças ele se tornou uma pessoa e a gente procurou trabalhar de uma forma que as crianças compreendessem a sequência da história e pudessem fazer parte dela,” conta a diretora.
 
No dia 24 de novembro o ator e diretor Maurício Vogue ministrou uma aula de workshop para os professores da instituição, os quais puderam aprender e desenvolver a peça. Margareth conta um pouco sobre esse momento e essa parceria. 

”O Maurício é um grande parceiro da gente, não só naquele momento, mas ele abriu o teatro para nós com o figurino, com os acessórios e sempre deixando a gente muito a vontade. Nós queremos agradecer primeiramente a Regina Vogue, essa grande atriz que abriu as portas para nós e aos filhos dela, Maurício e Adriano Vogue.”
 
Adriana Estevão Maciel, uma das professoras da escola, falou sobre o seu maior desafio ao apresentar a peça. ”Meu maior desafio foi estar ali no palco de coração, não apenas de só decorar o texto, mas deixar ele entrar e fluir e é isso que eu quis passar para as famílias e para toda a nossa equipe. Todos nós sempre pensamos em passar o mais natural, sicero e verdadeiro sentimento para quem está assistindo,” relata.
 
A apresentação ganhou o público. Ryhulla Alcântara, uma das mães que estavam presentes, fala sobre a emoção de ver a filha Vitória no palco pela primeira vez, ”ela se divertiu muito,” comenta.
 
Além dos pais e alunos da Escola Luan Muller, o evento também teve a presença de Talita, ao final da peça ela concedeu um momento de autógrafos e também teve a oportunidade de participar da peça. Ela conta sobre a experiência de ter a sua obra transformada em uma peça de teatro.
 
”Foi muito emocionante, foi um presente quando a Margareth me pediu para utilizar o meu conto, porque já é um trabalho muito nobre e especial e eles terem identificado dentro do meu livro essa conversa com o trabalho deles é muito gratificante para mim. E é justamente sobre isso, respeitar a diferença e ser feliz do jeito que se é, que eu acho que é o mais importante, porque há espaço para todo mundo.”

A Apae Curitiba

A Apae Curitiba conta com três centros terapêuticos que oferecem atendimentos à saúde gratuitos às pessoas com deficiência intelectual ou múltipla. A instituição é mantenedora de cinco escolas especializadas localizadas em Santa Felicidade, Batel e Seminário, em Curitiba. Confira nossas escolas:

➔ Escola de Educação de Estimulação e Desenvolvimento – CEDAE: Faixa Etária: 0 a 5 anos e 11 meses. 

➔ Escola Luan Muller: Faixa Etária: de 06 a 15 anos e 11 meses. 

➔ Escola Terapêutica Vivenda: Faixa Etária: a partir de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Integração e Treinamento do Adulto – CITA: Faixa Etária: acima de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Agrícola Henriette Morineau: Adultos e adolescentes a partir de 17 anos.

Notícias Relacionadas

Sem mais notícias por enquanto!
Skip to content