Notícias

Jovem autista conquista excelência acadêmica e inspira comunidade da Apae Curitiba

Exemplo de determinação: estudante com autismo brilha em Olimpíadas Científicas e no Enem.
bio-paulo-fortunato
Paulo Fortunato
Jornalista, Gerente de Comunicação, Markentig e Eventos
Publicado em
Imagem: divulgação/UOL

Uma história de superação e brilhantismo tem emocionado e inspirado a comunidade da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Curitiba. Alexandre Andrade de Almeida, um jovem de 16 anos diagnosticado com autismo, alcançou a nota máxima na prova de Matemática e suas Tecnologias no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023.

Aluno da 2ª série do Ensino Médio, Alexandre tem um histórico notável de conquistas acadêmicas. Já acumula 73 medalhas em olimpíadas científicas e recentemente, adicionou a sua impressionante coleção uma medalha de ouro na Olimpíada Ibero-americana de Biologia, realizada na Espanha. Além disso, conquistou a medalha de ouro na 28ª Olimpíada Ibero-Americana de Física e teve sua redação selecionada como finalista na Olimpíada de Química do Estado de São Paulo.

Para alcançar esses resultados extraordinários, Alexandre contou com o apoio do colégio Objetivo e participou de aulas de olimpíada científica. Seu foco e dedicação são atributos admiráveis, que ele relaciona com seu diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista (TEA). A mãe de Alexandre, Paula Almeida, destacou a importância do diagnóstico para entender o foco do filho nos estudos e a forma como ele se dedicava intensamente à ciência, algo que considera como parte de seu hiperfoco.

Essa trajetória de sucesso de Alexandre é um exemplo claro de como o apoio adequado e a compreensão das necessidades individuais podem fazer uma diferença significativa na vida de pessoas com TEA. Na Apae Curitiba, onde a inclusão e o apoio a pessoas com deficiência são prioridades, a história de Alexandre serve como inspiração e demonstração do potencial ilimitado que reside em cada indivíduo.

A Apae Curitiba, reconhecendo a importância de histórias como a de Alexandre, reforça seu compromisso em oferecer um ambiente de apoio e inclusão, onde cada aluno tem a oportunidade de desenvolver suas habilidades e talentos únicos. A instituição espera que o exemplo de Alexandre Andrade de Almeida motive outros jovens e suas famílias a buscar e atingir seus próprios objetivos, desafiando as barreiras e estereótipos associados ao autismo.

A história de Alexandre não é apenas um testemunho de suas realizações individuais, mas também um lembrete do impacto positivo que uma comunidade inclusiva e solidária, como a da Apae Curitiba, pode ter na vida de pessoas com deficiência. À medida que Alexandre se prepara para o último ano do Ensino Médio, a comunidade da Apae o observa com admiração e orgulho, ansiosa por acompanhar seus próximos capítulos de sucesso e inspiração.

Sobre a Apae Curitiba

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Curitiba é uma organização sem fins lucrativos dedicada à inclusão, educação e apoio a pessoas com deficiência. Com uma ampla gama de programas e serviços, a Apae Curitiba é um exemplo de dedicação e compromisso com a melhoria da qualidade de vida e integração social de seus alunos e membros.

Para saber tudo sobre Deficiência Intelectual, Síndromes e Transtornos, siga a Apae Curitiba no Facebook e Instagram.

Não deixe de doar! Ajude a Apae Curitiba

A Apae de Curitiba precisa da sua ajuda. Hoje a instituição atende quase 474 estudantes em cinco escolas, oferecendo saúde e assistência social. São realizados, em média, 40 mil atendimentos terapêuticos por ano e 3,4 mil por mês. Por ser uma instituição sem fins lucrativos precisa de apoio da sociedade. O ambiente precisa de reformas e para isso, que tal doar para a Apae Curitiba e apoiar a causa da pessoa com deficiência intelectual ou múltipla? É muito fácil, clique  AQUI e saiba mais! 

Notícias Relacionadas

Nota à Imprensa e a Comunidade

Voltar Notícias Paulo Fortunato Jornalista, Gerente de Comunicação, Markentig e Eventos Publicado em21 de fevereiro de 2024 A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Curitiba vem por

Sem mais notícias por enquanto!
Pular para o conteúdo