Notícias

Influenciadores com síndrome de Down são sucesso na internet

Cinco influenciadores agitam as redes sociais, promovendo a inclusão das pessoas com Down.
Influenciadores com síndrome de Down são sucesso na internet
Redação Apae
Publicado em
influenciadores com SD agitam a internet

Nos últimos anos a internet vem tomando conta da vida das pessoas e esses avanços tecnológicos proporcionaram a criação das redes sociais, como o Instagram. Atualmente a rede é tomada por influencers, que buscam divulgar seu trabalho. Também tem aqueles que procuram transmitir uma causa. Em meio a isso, surgiram nomes importantes para a inclusão da pessoa com deficiência, inclusive para aquelas com síndrome de Down. Confira alguns nomes que defendem a causa.

Gabriel Bernardes – Downlícia

O jovem carioca, Gabriel Bernardes, de 25 anos, com síndrome de Down, criou sua própria marca de Brigadeiros Gourmet em 2017 e ajudou sua família a melhorar de vida. Além de produzir conteúdos para as redes sociais, também possui uma Bike Food, onde realiza eventos. Em 2020, foi indicado e escolhido como um dos jovens empreendedores mais promissores na Forbes Under 30 – Gastronomia. 

As receitas preparadas e vendidas por Gabriel em sua food bike contam até com opção vegana. Uma invenção do chef que agrada o paladar de muita gente e o brigadeiro de pistache.

Sofía Jirau - Modelo Victoria's Secret

A porto-riquenha, Sofía Jirau, de 24 anos, é a primeira modelo da Victoria’s Secret com síndrome de Down. Sofía também é empresária, dona de sua própria marca de roupas e acessórios para casa. A Modelo diz estar vivendo um sonho e que ainda tem muito mais para realizar. “Meu próximo sonho é dançar no palco e modelar na França e na Itália.”

Dudu do Cavaco e Vitória Rosa - Cantor e Modelo

O casal formado pelo músico Dudu do Cavaco e a modelo Vitória Rosa, ambos com síndrome de Down, usa as redes sociais para mostrar a importância da inclusão. Dudu começou sua carreira aos 12 anos e hoje já tem uma carreira sólida. Os dois também participam do Instituto Mano Down, uma instituição sem fins lucrativos cuja meta é promover a inclusão e a autonomia de pessoas com síndrome de Down e outras deficiências.

Cacai Bauer - Primeira influenciadora

Cacai Bauer é uma jovem desinibida considerada a primeira influencer digital com síndrome de Down do Brasil. Cacai aborda sobre vários assuntos em sua rede social, como o capacitismo, a condição genética, a importância da inclusão social, além dos seus conteúdos de humor.

Vitória Mesquita - Campanha #atualizagoogle

A influenciadora brasiliense, Vitória Mesquita, fez uma campanha em seu instagram com a #atualizagoogle para que o buscador mudasse o termo usado para a trissomia do cromossomo 21. A partir do trabalho de Vitória, o Google passou a classificar trissomia do cromossomo 21 como “condição genética” ao invés de “doença”.

Faça um PIX e ajude a Apae Curitiba

Doar ficou ainda mais fácil com a opção PIX. Agora você tem mais essa modalidade, que é muito rápida, prática e segura. Lembre-se, que sua doação vale muito para a Apae Curitiba. Atualmente, são quase 500 estudantes e 35 moradores que recebem atendimentos nas áreas de saúde e assistência social. São realizados, em média, 50 mil atendimentos terapêuticos por ano e 3,5 mil por dia. Por ser uma instituição sem fins lucrativos precisa de apoio da sociedade. Faça um PIX pela chave: doe@apaecuritiba.org.br (Chave

A Apae Curitiba conta com três centros terapêuticos com atendimentos gratuitos às pessoas com deficiência intelectual ou múltipla. A instituição é mantenedora de cinco escolas especializadas localizadas em Santa Felicidade, Batel e Seminário, em Curitiba; e sete Casas Lar. Confira nossas escolas clicando AQUI.

Notícias Relacionadas

Sem mais notícias por enquanto!
Skip to content