Notícias

Fanfarra da Apae Curitiba tem novos integrantes em seu corpo musical

O projeto aposta em outros talentos, iniciando a participação no Campeonato Paranaense e Catarinense
Fanfarra da Apae Curitiba tem novos integrantes em seu corpo musical
Rhúbia Ribeiro
Assistente de Marketing
Publicado em
Fanfarra da Apae: Alunos estão reunidos na quadra de esportes de uma escola da Apae. Todos enfileirados com instrumentos na mão.

A Fanfarra da Apae Curitiba conta com novos participantes no corpo musical de 2022. O projeto tem o intuito de promover aos estudantes as primeiras noções do contexto musical e proporcionar o senso de cooperação, respeito à disciplina e inclusão social. O objetivo é desempenhar novas tarefas e buscar incluir estudantes com outras habilidades artísticas.

A professora e atualmente regente da Fanfarra, Célia Mozer, conta que quando ingressou no projeto, em 2013, havia um grupo relativamente pequeno, composto por um corpo musical com instrumentos de percussão, com bumbos, surdos, pratos, caixas e ganzás, mas o objetivo era ampliar esse número e trazer cada vez mais pessoas para ingressar no projeto. Para promover a inclusão social, iniciaram as participações em Campeonatos Paranaense e Catarinense, como também em apresentações locais que geram integração entre as corporações, sejam elas marciais ou sinfônicas. 

Além de manter a inclusão e dar novas oportunidades, promove o conhecimento e a interação com outros músicos e maestros, assim tendo contato direto com instrumentais ainda desconhecidos pelo grupo. A Fanfarra da Apae Curitiba tem sido a única corporação, na categoria de inclusão, que vem participando desses campeonatos, sendo assim, tem buscado adaptações em muitas situações e contextos para pessoas sem deficiência. 

Mozer conta como é gratificante fazer parte desse momento. “É uma dádiva fazer parte da Fanfarra, pois a cada novo desafio sou surpreendida com o retorno que eles dão, além de receber muito amor e de ser valorizada por cada aluno. Eles são felizes, e me ensinam a cada dia, que a vida vale a pena pelas coisas simples que temos e pelos momentos de alegrias que vivemos”, diz.

Os ensaios do corpo musical acontecem nas quartas-feiras pela manhã, das 9h às 12h, incluindo cinco grupos:

  • Corpo de Bandeiras: É composto por seis estudantes, que têm como função levar o estandarte com o nome e logo da Corporação e as bandeiras Nacional, Estadual e Municipal, podendo ainda ser incluída a bandeira da escola;
  • Corpo Coreográfico: É composto por dez estudantes e três funcionários, que formam o conjunto, utilizando diferentes adereços e objetos como bandeiras, arcos, lenços e tantos outros recursos;
  • Mór de Comando: Contém um aluno que tem como função conduzir por meio de voz e mace ou bastão o Corpo Musical;
  • Balizas:  São compostas por duas estudantes, que têm como função apresentar a corporação ao público durante uma apresentação, seja em desfile, campeonato, concurso ou festividade;
  • Corpo Musical: Participam 17 estudantes e seis profissionais.  Os ensaios acontecem separadamente com os subgrupos, buscando proporcionar melhor atenção às necessidades e aperfeiçoar as vivências e aprendizagens.

O grupo conta com doze canções em seu repertório e em geral são músicas do folclore, temas de filmes e canções populares. Inicialmente as participações eram realizadas em locais dentro da cidade de Curitiba e Região Metropolitana, em eventos como Desfile Cívico, colégios regulares, escolas especiais, praça pública e clínica de reabilitação. A partir de 2016, passaram a competir no Campeonato Estadual de Fanfarras e Bandas do Paraná, trazendo vários troféus. 

Quer saber mais sobre as Fanfarras? Fique atento em nossas redes sociais

Matéria: Eduarda Zeglin 

Notícias Relacionadas

Sem mais notícias por enquanto!
Skip to content