Notícias

Dia da Caridade: há 56 anos trazendo a prática da solidariedade

A data vem para conscientizar o entendimento entre a humanidade.
bio-eduarda-zeglin
Eduarda Zeglin
Jornalista, Assistente de Comunicação, Marketing e Eventos
Publicado em
mãos se apoiando, como sinal de união. Fundo laranja e azul

No dia 19 de julho é comemorado o Dia da Caridade. A data foi instituída pela Lei nº 5.063, de 4 de julho de 1966 e decretada pelo presidente Humberto Castelo Branco visando conscientizar a população sobre a prática de fazer o bem. 

Entre as atividades mais frequentes neste dia, destacam-se visitas em lugares tomados pela pobreza e miséria, e pelas pessoas que necessitam de um olhar mais humano e acolhedor como, asilos, hospitais, orfanatos e presídios. Atualmente, também destaca a importância das doações para instituições que se propõem a transformar vidas, como a Apae Curitiba.

A data também é celebrada mundialmente no dia 5 de setembro, através da Resolução 67/105, de 2012 criada pela Organização das Nações Unidas (ONU). A escolha foi uma homenagem ao aniversário da morte de Madre Teresa de Calcutá, missionária católica que teve seu trabalho reconhecido por dedicar a sua vida aos pobres e necessitados. Em 1979, recebeu o Prêmio Nobel da Paz e em 2003 foi beatificada. Aos dezoito anos, entrou para a Casa de Irmãs de Nossa Senhora do Loreto, onde criou a Congregação Missionária da Caridade.

Segundo as Nações Unidas “a erradicação da pobreza é o primeiro Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, aprovada em 2015, pelos países-membros da ONU. A meta é transformar a vida das pessoas e do planeta para que todos possam viver num mundo melhor.’’

A Assembleia Geral quer aumentar a mobilização de sociedades, ONGs e todos os interessados em ajudar a quem precisa através do trabalho voluntário ou de atividades filantrópicas

A Apae Curitiba

A Apae de Curitiba tem por missão promover e articular ações de defesa de direito e prevenção, orientações e prestação de serviços direcionados à melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência intelectual ou múltipla para a construção de uma sociedade justa e solidária. 

A associação é mantenedora de cinco escolas especializadas. Conta com três centros terapêuticos que oferecem atendimentos à saúde. Atua em outros dois pilares: educação e assistência social. Seja um mantenedor dessa causa. 

Doe clicando AQUI. 
Faça um PIX: [email protected] (Chave) 
Seja um Voluntário

Caridade: Rosto de uma estudante com síndrome de down da Apae

Notícias Relacionadas

Benefícios gerais da atividade física no TEA

Descubra os benefícios da prática de atividades físicas para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), aprenda a superar desafios específicos e conheça as atividades mais recomendadas para essas crianças.

Sem mais notícias por enquanto!
Pular para o conteúdo