Notícias

Conheça o Cadastro-Inclusão

Medida permite que a pessoa acesse de forma gratuita e digital o documento oficial que atesta tal condição
Conheça o Cadastro-Inclusão
Rhúbia Ribeiro
Assistente de Marketing
Publicado em
homem mexendo em um computador. Não aparece seu rosto

Uma parceria entre o Ministério da Economia, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e o Instituto Nacional de Seguro Social apresentou uma nova ferramenta chamada Cadastro Nacional de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Cadastro-Inclusão) em março deste ano.

Trata-se de uma maneira de facilitar a vida de pessoas com deficiência que precisam se cadastrar em alguma política pública do governo, anteriormente essa pessoa precisava mesmo com todas as dificuldades se deslocar até o órgão competente, agora com o Cadastro-Inclusão os dados ficarão unificados em um só lugar.

O intuito é que os dados de pessoas com deficiência possam compor a plataforma e facilitar o acesso a mais de 30 políticas públicas que beneficiam cerca de 17,3 milhões de pessoas. “Menos burocracia, maior eficiência de custos para o Estado e para as pessoas com deficiência”, aponta o Ministério da Economia.

O serviço está disponível pelo aplicativo Meu INSS, por meio do login na conta gov.br, que disponibilizará para a população um certificado como forma de comprovação da condição de deficiência em um documento oficial, chancelado pelo Estado. Para gestores públicos, o acesso será feito por meio do API Pessoa com Deficiência. As informações que compõem neste momento a ferramenta, são aquelas do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e da aposentadoria de pessoas com deficiência (Lei Complementar 142/2013). Na sequência, serão inseridas as informações da nova avaliação biopsicossocial.

Digitalização inclusiva

O Cadastro-Inclusão faz parte dos mais de 4,9 mil serviços presentes na plataforma do Governo Federal, o meio de relacionamento digital do estado brasileiro com o cidadão. Lançada em julho de 2019, a plataforma é uma política pública extremamente bem-sucedida e conta hoje com mais de 126 milhões de usuários cadastrados. São serviços essenciais disponíveis na palma da mão, 24 horas por dia e sete dias por semana.

Com o consentimento do cidadão, os dados são utilizados para a aplicação de políticas públicas e a realização de serviços públicos, quando ele os solicita. O usuário, por sua vez, tem controle pela própria plataforma sobre quais órgãos do Governo Federal estão utilizando suas informações e para quais serviços. E pode retirar esse consentimento a qualquer momento.

A Apae Curitiba

A Apae de Curitiba tem por missão promover e articular ações de defesa de direitos e prevenção, orientações, prestação de serviços e apoio à família, direcionadas à melhoria da qualidade de vida da pessoa com deficiência e à construção de uma sociedade justa e solidária.

A associação é mantenedora de cinco escolas especializadas no atendimento à pessoa com deficiência intelectual ou múltipla. A instituição também conta com três centros terapêuticos que oferecem atendimentos à saúde. Atua em três pilares – educação, saúde e assistência social. Confira nossas escolas:

➔ Escola de Educação de Estimulação e Desenvolvimento – CEDAE: Faixa Etária: 0 a 5 anos e 11 meses.
➔ Escola Luan Muller: Faixa Etária: de 06 a 15 anos e 11 meses.
➔ Escola Terapêutica Vivenda: Faixa Etária: a partir de 16 anos, com atuação no EJA.
➔ Escola Integração e Treinamento do Adulto – CITA: Faixa Etária: acima de 17 anos, com atuação no EJA.
➔ Escola Agrícola Henriette Morineau – Faixa Etária: acima de 17 anos. 

Para participar dos atendimentos feitos pela instituição, entre em contato com as escolas clicando AQUI.

Confira mais sobre o Cadastro-Inclusão clicandoAQUI

Fonte: Ministério da Cidadania 

Notícias Relacionadas

Sem mais notícias por enquanto!
Skip to content