Notícias

Descubra cinco curiosidades sobre o autismo

Confira alguns fatos interessantes sobre o transtorno do desenvolvimento e conheça a Apae Curitiba, que oferece atendimento especializado para pessoas autistas.
bio-paulo-fortunato
Paulo Fortunato
Jornalista, Gerente de Comunicação, Markentig e Eventos
Publicado em

O autismo é um transtorno do desenvolvimento que afeta a maneira como as pessoas interagem com o mundo ao seu redor. As pessoas com autismo podem ter dificuldade em se comunicar, formar relacionamentos e compreender as emoções dos outros. Além disso, elas podem apresentar comportamentos repetitivos e restritivos, bem como hipersensibilidade a estímulos sensoriais. É importante lembrar que o autismo é uma condição ampla e variável, e cada pessoa autista é única, com suas próprias habilidades e desafios.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), os sintomas dificultam severamente o convívio das pessoas com o transtorno e limitam possíveis realizações educacionais e sociais. A OMS ainda recomenda acompanhamento psicológico, fisioterápico, terapia ocupacional, psicopedagógico, fonoaudiológico, neurológico, psiquiátrico, nutricional e desportivo, para colaborar no tratamento.

Mesmo com muita pesquisa e conhecimento sobre o tema, ainda existem muitas curiosidades sobre o autismo. Aqui estão 5 fatos curiosos sobre o assunto:

  • Autismo não é causado por pais negligentes ou falta de afeto. Essa teoria foi proposta na década de 1950 e 1960, mas foi completamente desacreditada. Atualmente, sabe-se que o autismo é causado por diferenças na estrutura e função do cérebro.
 
  • As pessoas autistas têm interesses intensos e específicos. Muitas vezes, esses interesses são tão fortes que podem se tornar uma especialização ou carreira. Alguns exemplos incluem matemática, música, arte e tecnologia.
 
  • Muitas pessoas autistas têm dificuldade em entender e expressar emoções. Isso não significa que elas não tenham emoções, mas sim, que podem ter dificuldade em entender e interpretar as emoções dos outros.
 
  • O autismo afeta mais homens do que mulheres. A razão para isso ainda não é totalmente compreendida, mas é uma tendência observada em muitos estudos.
 
  • Autismo não é uma condição que pode ser “curada”. No entanto, com o suporte e intervenções adequados, as pessoas autistas podem aprender a gerenciar seus sintomas e viver uma vida plena.
 

A Apae Curitiba é uma instituição que oferece atendimento a pessoas autistas. Com uma equipe multidisciplinar e diversas atividades terapêuticas, a instituição busca promover a inclusão e qualidade de vida dessas pessoas. Além disso, a entidade oferece suporte para familiares e cuidadores, visando melhorar a compreensão sobre o autismo e aprimorar a convivência com as pessoas autistas.

A Apae Curitiba

A Apae Curitiba conta com três centros terapêuticos que oferecem atendimentos à saúde gratuitos às pessoas com deficiência intelectual ou múltipla. A instituição é mantenedora de cinco escolas especializadas localizadas em Santa Felicidade, Batel e Seminário, em Curitiba. Confira nossas escolas:

➔ Escola de Educação de Estimulação e Desenvolvimento – CEDAE: Faixa Etária: 0 a 5 anos e 11 meses. 

➔ Escola Luan Muller: Faixa Etária: de 06 a 15 anos e 11 meses. 

➔ Escola Terapêutica Vivenda: Faixa Etária: a partir de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Integração e Treinamento do Adulto – CITA: Faixa Etária: acima de 16 anos, com atuação no EJA. 

➔ Escola Agrícola Henriette Morineau: Adultos e adolescentes a partir de 17 anos.

 

Notícias Relacionadas

Sem mais notícias por enquanto!
Skip to content