Notícias

Capacidade civil: pessoas com deficiência intelectual têm capacidade de colocar em prática os seus direitos

A capacidade civil possui duas dimensões: a capacidade de direito e a capacidade de fato.
Capacidade civil: pessoas com deficiência intelectual têm capacidade de colocar em prática os seus direitos
Redação Apae
Publicado em
na imagem uma estudante da apae curitiba está no centro da tela ao fundo um ambiente com objetos para a pratica de exercícios

Capacidade é a aptidão que a pessoa tem em efetuar e conquistar seus direitos. O Código Civil Brasileiro estabelece que todos os cidadãos conseguem exercitar direitos e deveres na ordem civil, exceto menores de 16 anos, aqueles acometidos por enfermidades ou deficiência mental que não tenham a compreensão para realizar as ações e os que, por razão contingente, não possam manifestar sua vontade. 

A Lei Brasileira de Inclusão (LBI) alterou o Código Civil e estabeleceu que a deficiência não afeta a plena capacidade civil da pessoa, inclusive para casar-se e constituir união estável; exercer direitos sexuais e reprodutivos; exercer o direito de decidir sobre o número de filhos e de ter acesso a informações adequadas sobre reprodução e planejamento familiar; conservar sua fertilidade, sendo vedada a esterilização compulsória; exercer o direito à família e à convivência familiar e comunitária; e exercer o direito à guarda, à tutela, à curatela e à adoção, como adotante ou adotando, em igualdade de oportunidades com as demais pessoas (art. 6º). 

A capacidade de exercício pode, todavia, ser limitada parcialmente quando por causa transitória ou permanente as pessoas não puderem exprimir sua vontade a certos atos, ou à maneira de os exercer. Saiba mais clicando AQUI

A capacidade civil, também denominada capacidade legal, envolve duas dimensões: a capacidade de direito e a capacidade de fato. 

A capacidade de direito corresponde à possibilidade de uma pessoa ser titular, de ter direitos e poder assumir obrigações. Pelo fato de sermos reconhecidos pela lei como pessoas, já nascemos com esse direito assegurado, ou seja, o possuímos sem exceções, e o preservamos até o final da vida (art. 2º do Código Civil). 

Já a capacidade de fato, ou capacidade de exercício, é a que permite as pessoas praticarem atos da vida civil, como por exemplo: votar, casar, ter filhos, alugar um imóvel, comprar um carro, matricular-se num curso, dentre outros exercerem com autonomia os seus direitos A capacidade de exercer direitos e praticar tais atos iniciam-se quando a pessoa atinge sua maioridade, ou seja, quando completa 18 anos (art. 5º do Código Civil).

A Apae Curitiba

A Rede Apae destaca-se por seu pioneirismo e capilaridade, dando apoio às pessoas com deficiência intelectual ou múltipla. A instituição é mantenedora de cinco escolas especializadas localizadas em Santa Felicidade, Batel e Seminário, em Curitiba. Confira nossas escolas:

➔ Escola de Educação de Estimulação e Desenvolvimento – CEDAE: Faixa Etária: 0 a 5 anos e 11 meses. 
➔ Escola Luan Muller: Faixa Etária: de 06 a 15 anos e 11 meses. 
➔ Escola Terapêutica Vivenda: Faixa Etária: a partir de 16 anos, com atuação no EJA. 
➔ Escola Integração e Treinamento do Adulto – CITA: Faixa Etária: acima de 16 anos, com atuação no EJA. 
➔ Escola Agrícola Henriette Morineau: Adultos e adolescentes a partir de 17 anos.

Aluna sorrindo para a câmera durante uma aula

Fonte: Cartilha “Saiba quais são os direitos das pessoas com deficiência e como requerê-los – Eu tenho Direito – Apae Brasil – 2021” 

Notícias Relacionadas

Sem mais notícias por enquanto!
Skip to content