Notícias

Apae Curitiba participa de Campeonato Paranaense de Bandas e Fanfarras em Prudentópolis

As apresentações começam a partir das 8h30 em Prudentópolis.
Apae Curitiba participa de Campeonato Paranaense de Bandas e Fanfarras em Prudentópolis
Rhúbia Ribeiro
Assistente de Marketing
Publicado em
estudantes da apae durante uma apresentação segurando bandeiras num mastro

No dia 17 de setembro, a partir das 10h, a Fanfarra da Apae Curitiba participa do XXIX Campeonato Paranaense de Bandas e Fanfarras na categoria Banda de Percussão com Instrumentos Melódicos Sênior. As apresentações ocorrem no Ginásio de Esportes Gilmar Agibert de Prudentópolis, centro-sul do estado.  Conforme o portal de notícias Nossa Gente, esta é a primeira vez que o município recepciona o evento estadual.  Ao todo, as apresentações começam às 8h30.

“A expectativa, depois da pandemia, é a nossa volta triunfal para os campeonatos. Os estudantes estão com uma expectativa muito grande, inclusive uma ansiedade que não cabe dentro deles”, disse a professora de arte e regente da Fanfarra, Celia Mozer. Para Nilton Aparecido Telles dos Santos, funcionário e integrante do grupo, “depois de dois anos, da minha parte, estou ansioso, empolgado e muito feliz. Acho que todos estão. Que Deus abençoe sempre nosso caminho e nossa espetacular Fanfarra da Apae Curitiba. Gratidão!”

A Fanfarra da Apae Curitiba

A Fanfarra da Apae Curitiba é um grupo de estudantes com deficiência intelectual e/ou múltipla que se reúne para tocar instrumentos melódicos e de percussão no ambiente escolar da instituição de Santa Felicidade, Curitiba. Atualmente, o conjunto é formado por 48 integrantes, sendo 6 funcionários e 42 estudantes. Estes se apresentam em eventos de Curitiba e Região Metropolitana e em campeonatos, como o Campeonato Estadual de Bandas e Fanfarras e o Campeonato Interestadual de Bandas e Fanfarras (PR e SC).

O grupo tem o intuito de promover aos estudantes da Apae Curitiba as primeiras noções do contexto musical nos aspectos rítmicos e melódicos: compasso de tempo, solfejo melódico e rítmico e proporcionar o senso de cooperação, respeito à disciplina e inclusão social. O objetivo é desempenhar novas tarefas e buscar incluir estudantes com outras habilidades artísticas. 

Desde 2013, quando a professora regente Célia Mozer entrou para o projeto, promoveu melhorias e ampliou o número de alunos e de instrumentos na corporação. A professora diz que os integrantes têm trabalhado de forma coletiva, o que motivou muitos a ingressarem no projeto. 

Atualmente, o conjunto é formado por 48 integrantes, sendo 6 funcionários e 42 estudantes. Estes se apresentam em eventos de Curitiba e Região Metropolitana e em campeonatos, como o Campeonato Estadual de Bandas e Fanfarras e o Campeonato Interestadual de Bandas e Fanfarras (PR e SC).

Notícias Relacionadas

Sem mais notícias por enquanto!
Skip to content