Notícias

Apaecast conta como são realizadas as avaliações de ingresso em escolas especializadas

A educação é fundamental no desenvolvimento da criança com deficiência intelectual ou múltipla.
Apaecast conta como são realizadas as avaliações de ingresso em escolas especializadas
Rhúbia Ribeiro
Assistente de Marketing
Publicado em
Professora da Escola CEDAE dando aula, uma criança cola uma foto no quadro negro

No Apaecast desta segunda-feira (26), a diretora da Escola de Estimulação e Desenvolvimento (CEDAE) da Apae Curitiba, Margareth Terra, conta como são realizadas as avaliações de ingresso dos estudantes em escolas especializadas no estado do Paraná. Segundo a diretora, a educação é fundamental no desenvolvimento da criança com deficiência intelectual e múltipla, que no caso da Apae,  trabalha as habilidades, as competências e as dificuldades, possibilitando mais autonomia e independência. 

Conhecer o potencial dos estudantes torna o ensino-aprendizagem eficaz.  Entretanto, é preciso passar por uma avaliação de ingresso antes de entrar no ambiente escolar, que proporciona recursos necessários referente aos tratamentos terapêuticos, atividades direcionadas e assistência social.

“A criança recebe um diagnóstico fornecido pelo neurologista, pode ser um diagnóstico na área de deficiência intelectual, múltiplas ou apenas um atraso no desenvolvimento”, relata a diretora. Na Escola Cedae, onde atua, Margaret conta que recebe crianças desde o nascimento que já possuem o laudo. O bebê passa por uma equipe multiprofissional das áreas educacional, social e clínica, onde a partir da avaliação  ingressa no atendimento pedagógico e terapêutico.

A Escola CEDAE

A Escola CEDAE atende crianças com deficiência intelectual ou múltipla, utilizando essencialmente a estimulação e pré-escolarização com idade cronológica de zero a 5 anos e 11 meses. 

Oferece atendimento às crianças com síndromes, atrasos de desenvolvimento neuropsicomotor e deficiência intelectual. Também atende na área da saúde, fornecendo serviço social, neurologia, psicologia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, terapia ocupacional e musicoterapia. 

O objetivo é promover, através do processo educacional, a formação do cidadão, sua estruturação para a independência, autonomia, autorrealização, através do processo ensino-aprendizagem, respeitando seu desenvolvimento biopsicossocial, suas potencialidades e sua diversidade como membro de uma sociedade inclusiva. Conheça a escola clicando AQUI.

aluno da escola CEDAE estudando

Notícias Relacionadas

Sem mais notícias por enquanto!
Skip to content