Notícias

Apae Curitiba renova as Casas Lar em projeto de reforma

A instituição planeja outras reformas ainda neste mês de julho.
bio-eduarda-zeglin
Eduarda Zeglin
Assistente de Comunicação, Marketing e Eventos
Publicado em

A Apae Curitiba tem como um de seus propósitos melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência intelectual. Uma das formas de alcançar esse objetivo é por meio da assistência social, oferecida pelas  Casas Lar.

Essas casas contam com mães sociais, que desempenham um papel fundamental na organização dos espaços e oferecem ajuda aos acolhidos. No total, a instituição possui sete casas, acolhendo pessoas maiores de 18 anos que foram abandonadas ou passaram por situações de vulnerabilidade. No entanto, nem todas as casas estavam em condições adequadas para receber essas pessoas, devido a problemas como telhados danificados, goteiras e infestação de cupins, o que prejudicava sua qualidade de vida, especialmente em dias chuvosos.

Devido a mudanças na gestão, a obra das casas foi adiada por seis ano. Algumas reformas já foram realizadas, incluindo a troca de telhados em duas casas. A instituição também planeja ampliar as obras nas demais casas, com início previsto para 10 de julho.

Segundo William Prado, coordenador das Casas Lar, essa reforma foi extremamente importante para proporcionar mais segurança, dignidade e bem-estar aos acolhidos no dia a dia. As casas não passam por reformas desde sua inauguração em 1993, havendo poucas intervenções ao longo dos anos. 

Por meio de uma doação realizada pela Graciosa Country Club, a entidade recebeu os materiais necessários para concluir a reforma de mais quatro telhados. Os recursos arrecadados durante a festa junina deste ano contribuíram para o andamento da revitalização dessas estruturas.

A Apae Curitiba é uma instituição que conta com o apoio da população para se manter em funcionamento e continuar fornecendo o suporte essencial às pessoas com deficiência intelectual e múltipla. Apesar das ações voluntárias e da arrecadação de recursos por meio de eventos, ainda é necessário arrecadar fundos para dar continuidade aos projetos e obter mão de obra para realizar outras reformas, como pintura, instalação de pisos, troca de portas e janelas.

As pessoas podem contribuir com a causa da Apae Curitiba por meio de voluntariado, doações ou incentivando amigos e organizando mutirões para realizar ações na instituição. 

As Casas Lar

As sete Casas Lar estão localizadas em Santa Felicidade, Curitiba, e acolhem 35 pessoas. São casas de acolhimento para pessoas com deficiência intelectual ou múltipla, maiores de 18 anos, todos nas condições de órfãos, abandonados ou em situações de risco. Nelas os acolhidos residem permanentemente (como em um lar), frequentam as escolas, recebem os atendimentos da área de saúde e cuidados por mães sociais, responsáveis pelos cuidados, organização e administração das casas. 

O trabalho é desenvolvido em parceria com a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, que faz o encaminhamento de novos possíveis moradores, inclusive os advindos de determinação judicial, e o acompanhamento da qualidade do acolhimento e bem-estar dos moradores. O serviço é acompanhado pelo Ministério Público/Promotoria de Justiça de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Vara da Infância e da Juventude.

 

Notícias Relacionadas

Nota à Imprensa e a Comunidade

Voltar Notícias Paulo Fortunato Jornalista, Gerente de Comunicação, Markentig e Eventos Publicado em21 de fevereiro de 2024 A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Curitiba vem por

Sem mais notícias por enquanto!
Pular para o conteúdo