Notícias

Ellie Goldstein e a moda inclusiva: um exemplo de superação e inspiração para a Apae Curitiba

A jovem de 22 anos tem se destacado como um exemplo, assumindo papéis de destaque em edições prestigiadas no universo da moda.
bio-paulo-fortunato
Paulo Fortunato
Jornalista, Gerente de Comunicação, Markentig e Eventos
Publicado em
Foto: Reprodução/Instagram

A história de Ellie Goldstein, a primeira modelo com Síndrome de Down a ser capa da Vogue, ressoa poderosamente na missão da Apae de Curitiba, que é a inclusão e valorização das capacidades individuais. Nascida em 2001 na Inglaterra, Ellie quebrou barreiras e desafiou preconceitos ao se tornar um ícone mundial na moda, desfilando nas passarelas da London Fashion Week e estrelando na capa da Vogue.

A jornada de Ellie é mais do que uma narrativa de sucesso no mundo da moda; é um testemunho da importância da inclusão e do reconhecimento da diversidade. Seu livro, “Against All Odds” (Contra Todas as Chances), não apenas conta sua história, mas também serve como uma fonte de inspiração para muitos. 

A Apae de Curitiba acredita firmemente nos princípios que Ellie Goldstein representa. A instituição trabalha incansavelmente para promover a moda inclusiva, um campo onde a beleza e o estilo não conhecem limites ou barreiras. A moda inclusiva não é apenas sobre acessibilidade, mas também sobre representar e celebrar a diversidade em todas as suas formas.

A carreira de Ellie demonstra que a moda pode ser um poderoso veículo de mudança social, desafiando normas estabelecidas e promovendo uma nova compreensão de beleza e talento. A Apae de Curitiba, alinhada a essa visão, busca inspirar e capacitar seus assistidos, incentivando-os a explorar suas próprias capacidades e talentos, seja na moda ou em qualquer outro campo.

Assim como Ellie Goldstein, muitos indivíduos assistidos pela Apae têm histórias únicas de superação e determinação. Estas histórias, quando compartilhadas, têm o poder de transformar percepções e abrir caminho para um mundo mais inclusivo e diversificado.

A Apae de Curitiba está comprometida em ser uma força motriz nesta mudança. Através de programas, eventos e parcerias, a instituição está criando oportunidades para que as pessoas com deficiência possam brilhar e mostrar ao mundo suas habilidades e talentos.

Ellie Goldstein não é apenas uma modelo de sucesso; ela é um símbolo de esperança e possibilidade. Sua história e a missão da Apae de Curitiba se entrelaçam, mostrando que a moda inclusiva não é um conceito distante, mas uma realidade vibrante e transformadora.

Com foco no futuro, tanto Ellie quanto a Apae de Curitiba continuam a quebrar barreiras e a pavimentar o caminho para um mundo onde a beleza é definida pela diversidade e a inclusão não é uma exceção, mas a norma.

APAExonados por Brechó: moda sustentável e apoio à causa da inclusão

Um aspecto inovador e essencial do trabalho da Apae de Curitiba é o projeto “APAExonados por Brechó”. Esta iniciativa, em parceria com a TROC, líder no mercado de brechós online, reflete um compromisso com a sustentabilidade e a moda acessível. A TROC realiza a doação de roupas, que são cuidadosamente selecionadas e revendidas a preços acessíveis à comunidade. Esta é uma estratégia brilhante que não apenas promove a moda sustentável, mas também gera fundos vitais para a Apae de Curitiba.  

O APAExonados por Brechó oferece peças únicas, combinando estilo e qualidade com preços acessíveis, permitindo que a moda seja democrática e inclusiva. Além disso, cada compra contribui para o financiamento das diversas atividades e programas da Apae, que visam a inclusão e o bem-estar de pessoas com deficiência. 

Esta iniciativa é um exemplo perfeito de como a moda pode ser utilizada como uma ferramenta para o bem social. Ela não apenas proporciona aos consumidores a oportunidade de fazer escolhas de moda conscientes e sustentáveis, mas também apoia diretamente a missão da Apae de Curitiba de promover a inclusão e a igualdade.

O APAExonados por Brechó é, portanto, mais do que um brechó; é um movimento que harmoniza moda, sustentabilidade e solidariedade, refletindo os valores compartilhados por Ellie Goldstein e a Apae de Curitiba. Através deste projeto, a Apae não só arrecada fundos essenciais, mas também reforça a mensagem de que a moda inclusiva e acessível é uma realidade tangível e valiosa. 

Nesta temporada de 2024, o Mega Bazar continuará com suas edições mensais e a primeira data está marcada para o dia 26 de janeiro, das 9h às 17h, na Rua Alferes Ângelo Sampaio, 1597, no bairro Batel. Acesse nossas redes sociais e fique por dentro das próximas datas ao longo do ano.

Para saber tudo sobre Deficiência Intelectual, Síndromes e Transtornos, siga a Apae Curitiba no Facebook e Instagram.

Notícias Relacionadas

Nota à Imprensa e a Comunidade

Voltar Notícias Paulo Fortunato Jornalista, Gerente de Comunicação, Markentig e Eventos Publicado em21 de fevereiro de 2024 A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Curitiba vem por

Sem mais notícias por enquanto!
Pular para o conteúdo