Notícias

Vila Velha – PR: um passeio inclusivo para pessoas com trantorno do espectro autista

Parque Estadual Vila Velha, em Ponta Grossa, recebe certificação que reconhece o seu trabalho de acolhimento a pessoas autistas, tornando-se o primeiro parque natural inclusivo para pessoas com TEA no Brasil.
bio-lorena
Lorena Motter Kikuti
Estagiária de Jornalismo
Publicado em

O Parque Estadual de Vila Velha, localizado em Ponta Grossa, é uma das mais importantes unidades de conservação ambiental do país. Ele foi concebido em 1953, tornando-se o primeiro Parque Estadual criado no Paraná. Além disso, em 1966, foi tombado Patrimônio Histórico e Artístico do Estado do Paraná. 

Hoje, o parque é uma concessão do Governo do Estado, por meio do Instituto Água e Terra (IAT), à Soul Vila Velha, uma empresa do Grupo Soul Parques. Assim, a reserva reúne três atrativos naturais: Arenitos, Furnas e Lagoa Dourada, diversas opções gastronômicas e atrações de aventura: tirolesa, arvorismo e cicloturismo. 

Vila Velha é o único parque brasileiro que permite aos visitantes explorar as trilhas dos Arenitos, antigas formações rochosas, ao mesmo tempo que se aventuram pelas Furnas, imponentes cavernas verticais com vegetação exuberante em suas paredes e lagos de tonalidade azulada em suas bases. Ainda, oferece a oportunidade de apreciar a Lagoa Dourada, cujas águas cristalinas abrigam uma rica vida aquática, refletindo a luz do sol e proporcionando um espetáculo magnífico aos que visitam.

Em 2023, o Parque Estadual de Vila Velha recebeu uma certificação que o reconhece como parque natural inclusivo para pessoas com o transtorno do espectro autista (TEA). A certificação é da Organização Neurodiversa pelos Direitos das Pessoas Autistas, em parceria com o Instituto ICO Project, projeto de ação social que visa melhorar a qualidade de vida de pessoas com autismo, e a Secretaria do Desenvolvimento Social e Família do Paraná (Sedef).

Fábio Cordeiro, presidente da Organização Neurodiversa Pelos Direitos das Pessoas Autistas, alega que é de extrema importância que o Parque Vila Velha seja reconhecido. “As pessoas autistas podem e devem estar em todos os lugares. E este selo garante que o parque é atrativo para as pessoas autistas e seus familiares”, destacou em nota a Agência Estadual de Notícias.

O documento evidencia o comprometimento do Parque Vila Velha em atender a uma ampla variedade de visitantes, valorizando a diversidade e promovendo a inclusão social. Visto isso, o parque conta com sinalização, caminhos com acessibilidade e equipe preparada para atender a qualquer tipo de público. 

“Ficamos lisonjeados de termos as nossas práticas reconhecidas e por sermos o primeiro Parque Natural Inclusivo Para Pessoas Autistas no Brasil. Sinal de que nossas ações priorizam não só a relação com o meio ambiente, mas também o relacionamento com o nosso público, respeitando as diversidades e priorizando aqueles que necessitam de atendimento diferenciado”, afirmou o gestor do Parque Vila Velha, Leandro Ribas, na reportagem divulgada pelo Agência Estadual de Notícias.

O parque fica aberto todos os dias das 9h às 17h, no endereço: rodovia BR-376, km 515 s/n Rua Silva Jardim – Vila Velha, Ponta Grossa. O trajeto de Curitiba até a reserva configura cerca de 90 km de distância e pode ser realizado em 1 hora. 

Carteirinha

A pessoa com o transtorno do espectro autista tem o direito de obter um cartão que atesta sua condição e concede privilégios. A posse desse cartão garante prioridade nos atendimentos em ambientes públicos e privados, além de facilitar a identificação rápida das pessoas com autismo. No estado do Paraná, conforme a Agência Estadual de Notícias, mais de 8 mil cartões já foram emitidos. O processo de emissão é digital e pode ser realizado através do site: www.carteiradoautista.pr.gov.br

Para saber tudo sobre Deficiência Intelectual, Síndromes e Transtornos, siga a Apae Curitiba no Facebook e Instagram.

Ajude a Apae Curitiba com suas Notas Fiscais

A Apae Curitiba disponibiliza urnas de coleta para notas fiscais em instituições parceiras. Quando o cliente não informa seu CPF é possível deixá-las dentro da urna como forma de doação. Nós podemos recolher periodicamente e lançar no sistema do Nota Paraná e, assim, conseguimos receber o valor dos impostos e reverter em doação para ajudar com os custos da instituição. Se você tem um comércio, entre agora mesmo em contato conosco e informe seu desejo de nos ajudar que levaremos até você uma urna de coleta. Contamos com sua ajuda. Muitas vidas podem ser impactadas através dessa sua atitude. Saiba mais clicando AQUI

Notícias Relacionadas

Benefícios gerais da atividade física no TEA

Descubra os benefícios da prática de atividades físicas para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA), aprenda a superar desafios específicos e conheça as atividades mais recomendadas para essas crianças.

Sem mais notícias por enquanto!
Pular para o conteúdo